Postura Profissional: Regras corporativas de comportamento

Desde sempre a humanidade procura padronizar comportamentos a fim de manter um padrão de qualidade. Sendo assim foi criado as regras corporativas de comportamento para padronizar a postura profissional.

Por isso todo profissional precisa ter uma postura profissional, para que o mesmo se classifique como qualificado ao ambiente de trabalho em relação à sociedade.

Essas regras não são cobradas só pelas empresas, mas por toda sociedade para identificar a educação, cultura e interesse do individuo em relação a um grupo ou sociedade.

Embora essas exigências não afetem o potencial pessoal de um individuo, elas demonstram cultura, educação e capacidade de se adequar as essas regras da sociedade, o que te agregará valor profissional.

O que são as regras corporativas de comportamento?

As regras corporativas de comportamento nada mais são do que a maneira com você irá se comportar dentro do mercado de trabalho.

Sendo assim, tenha em mente que deverá utilizar a melhor roupa para entrevista, tom de voz adequado, educação, etc. As regras de comportamento servem para que o ambiente fique equilibrado e previsível, onde você evitará distrações.

Deste modo as regras tem como foco padronizar as pessoas a fim de que ninguém se destaque por motivos errados e somente pelo seu trabalho.

Além disso essas regras podem ajudar pessoas inexperientes ou na primeira entrevista por exemplo a ingressarem em um ambiente desconhecido, e ir se moldando conforme se adeque.

Postura profissional - jovens trabalhando

Foto por Freepik

 

O que a minha postura profissional irá me atribuir?

Ao contratar um funcionário a empresa deverá analisar suas competências técnicas e comportamentais para saber mais clique aqui.

Essa analise é feita a fim de criar um perfil profissional, que dirá o conhecimento do individuo e a facilidade de convívio com o mesmo.

Assim, ao ter as qualidades necessárias para uma vaga mais a sua facilidade de convívio analisada através da sua postura profissional, ficará muito mais fácil te escolher para o mercado de trabalho.

Como construir uma boa postura profissional?

Para ter uma boa postura profissional você deverá aprender a se neutralizar e ficar dentro da normalidade. Embora as regras corporativas de comportamento determine um padrão cru de comportamento, onde você ainda poderá fazer alterações não prejudiciais.

Sendo assim leve em consideração as seguintes regras básicas para uma postura profissional:

Vestimenta simples e adequada

Para uma boa postura profissional é bom adequar-se sua vestimenta ao padrão corporativo. Sendo assim o padrão básico é camisa branca, calça preta ou jeans escuro, sapato e cabelo penteado/preso.

Sendo assim se você deseja saber mais sobre o que vestir e não, acesse clicando aqui.

Olhar nos olhos

É fundamental que você tenha o costume de olhar nos olhos do entrevistador ou companheiros de trabalho. Isso porque olhar nos olhos demonstra atenção que aumentará sua impressão de interesse sobre a vaga ou atividade.

Para mais dicas sobre expressão facial durante a entrevista, clique aqui.

Limpeza

É fundamental que a sua imagem aparenta de uma pessoa limpa. Sendo assim evite roupas sujas, limpe o rosto tirando remelas, cera de ouvido, tirando pelos com tamanhos exagerados, etc.

Odores

É fundamental que você tome muito cuidado com odores fortes no mercado de trabalho. Esse fator serve não só apenas para maus cheiros como os bons.

Maus odores fazem mal por conta do mal cheiro e problemas de higiene, sendo assim será muito mal visto. Já os cheiros bons devem ser muito bem equilibrados, pois se exagerados o mesmo pode impregnar e dar problemas de cabeça, enjoo, etc.

Confiança

Uma das coisas mais procuradas na postura profissional é a confiança, com ele é possível determinar diversas coisas como:

  • Propriedade na fala do individuo.
  • Experiencia profissional.
  • Facilidade em resolução de conflitos.
  • Coragem de enfrentar problemas.

Além disso, candidatos que possuem confiança na maioria dos casos ganham confiança por sua palavra impecável. Ganhando assim respeito e autonomia.

Pontualidade e comprometimento

É fundamental que você seja impecável com sua palavra, pois assim você irá gerar confiança. Desta forma será possível contar com você e seu trabalho sempre.

Portanto se esforce ao máximo para entregar tudo em seu determinado tempo, ou no que você prometeu entregar. E ainda no caso de você não conseguir entregar na data, notificar o atraso para que todos se programem.

Sendo assim você se torna referência em seu assunto e de quebra ainda se tornará alguém comprometido e responsável.

Postura profissional - ser pontual

Foto por Hunters Race

Reservado com vida pessoal

Outro fator que fica subentendido pelo mercado de trabalho é a separação da vida pessoal da profissional. Sendo assim é de grande valor pessoas reservadas com sua vida pessoal no trabalho.

Desta forma é possível evitar que sua vida pessoal e suas escolhas interfiram negativamente no mercado de trabalho.

Sendo assim evite trazer fatores da sua vida pessoal que não atribuam ao ambiente do trabalho, onde seu profissional ficará em maior relevância do que seu pessoal.

Linguajar e palavreado

É importante que você tenha uma atenção e respeito a fala, sendo a sua ou de qualquer outra pessoa. Isso fará com que você demonstre controle emocional, onde não usa palavreado inadequado no trabalho.

Sendo assim a educação sempre virá a tona, onde a sua falta poderá acarretar em danos na sua carreira.

Cuidados com a linguagem corporal

Por último, mas não menos importante é as regras com a linguagem corporal. Sendo assim tome muito cuidado com a maneira na qual você senta, expressões do rosto, etc.

Muitas vezes não percebemos, mas deixamos nossas emoções dominarem o nosso corpo, e isso pode trazer resultados prejudiciais.

Portanto evite transparecer sono, fome, tédio, pressa, etc. Portanto mantendo uma postura profissional, atenta e ereta, controlando sempre a tensão e desconfortos.

Para mais dicas sobre expressão corporal durante a entrevista, clique aqui.

Liberdade de expressão

Embora o mercado de trabalho tenha determinado as regras de conduta sob sua postura profissional, você quem deve definir o seu lado profissional.

Sendo assim leve essas regras como uma bússola, que em dúvidas te coloca no caminho correto. Mas não é necessário segui-las à risca, até porque elas dependem de pessoa para pessoa e de empresa para empresa.

Assim, conforme você vá se adequando ao mercado de trabalho e encontrando brechas, evolua e deixe sua marca, encaixando seu comportamento pessoal as regras de postura profissional.

Notícias Relacionadas