page title icon Advertência trabalhista: As 4 etapas de aplicação

Links Patrocinados

Dentro do mercado de trabalho é necessário cooperação e por isso é criado regras de convivência. Contudo, caso fuja dessas regras trazendo um ambiente desconfortável o funcionário poderá receber uma advertência trabalhista.

Servindo assim de alerta para que o mesmo saiba que sua conduta não é bem vista e atrapalha o ambiente profissional.

O que é uma advertência trabalhista

Uma advertência trabalhista serve como um alerta aos funcionário com péssima postura profissional. Deste modo desobedecendo regras de comportamento da empresa e trazendo um ambiente caótico.

A advertência é um documento em papel impresso, que deverá ser assinado pelo funcionário para que o mesmo esteja ciente de seus defeitos.

Para que serve uma advertência trabalhista?

A advertência trabalhista serve para assegurar, não só a empresa como também o funcionário. Sendo assim, o funcionário poderá receber até 4 advertências no ano antes de receber uma demissão.

Cada advertência terá uma penalidade maior, para aumentar a gravidade da situação progressivamente. Deste modo a empresa poderá juntar provas para uma demissão com justa causa, e também o funcionário de poder corrigir os seus defeitos.

Como funciona a advertência trabalhista?

Como dito a cima a advertência trabalhista deve ser seguida do mesmo jeito em todas as empresas. Isso porque é a maneira como ela funciona efetivamente e sem injustiças.

Sendo assim a mesma tem 4 chances de erro do funcionário, onde em cada etapa:

1 – Advertência verbal

Para condutas leve e normalmente sem intenção, onde a solução pode acontecer apenas em uma conversa e esclarecimento de pontos ao funcionário.

2 – Advertência escrita de sinalização

Advertência de conduta média, onde normalmente não foi suficiente a conversa, ou causou problemas maiores que precisam de uma documentação física como comprovação.

Links Patrocinados

3 – Suspensão

Essa solução é para situações de conduta grave onde o funcionário deverá se afastar do ambiente para que avalie seu comportamento.

Essa suspensão poderá ser de até 30 dias onde o funcionário não terá direito a pagamento.

4 – Penalidade de resolução

Essa solução é unanime, onde não há mais soluções para aquele funcionário, ela também pode ser aplicada logo de primeiro em caso de conduta gravíssima.

Podendo ser aplicada somente depois de 2 penalidades ou no caso de abusos, agressão, ofensa grave, roubo, entre outros.

Essas regras são determinadas pela Consolidação das Leis do Trabalho e deve ser seguida por todas as empresas.

O que pode acarretar uma advertência trabalhista?

Dentre os motivos você poderá ter diversos que irão te penalizar com uma advertência trabalhista, isso porque cada empresa pode ter sua política e regras.

Contudo, o mercado de trabalho é bastante similar e por isso existem casos mais comuns, sendo eles:

  • Utilização de aparelho celular frequente no horário de serviço.
  • Atrasos de trabalho.
  • Faltas de trabalho não justificadas.
  • Falta de uniforme ou roupa inadequada para trabalho.
  • Trazer poucos resultados para a empresa.
  • Insubordinação.
  • Desrespeito ao regimento interno da empresa.
  • Fofocas e problemas de convivência como bullying, etc.

Enfim, são diversos os fatores que dependerá da empresa e como ela avalia a sua situação. Tudo dependerá da gravidade e sua postura em respeito a situação.

Como a advertência trabalhista deve ser aplicada?

Para que não ocorra mais problemas, todas as advertências devem acontecer preferencialmente isolados. Isso porque pode denigrir ainda mais a imagem do profissional.

Contudo, nem sempre isso é possível, na maioria das vezes por culpa do próprio funcionário que se deixa chamar atenção.

Links Patrocinados

Entretanto a empresa deverá tomar a providência mais saudável, e deverá penalizar o funcionário somente no momento que o ato acontecer, caso contrário o passado fica no passado.

Como a advertência trabalhista pode me prejudicar?

A advertência trabalhista pode prejudicar de diversas maneiras, a mais comum é a sua reputação, onde você será visto como um funcionário dificultoso.

Contudo, dependendo do motivo da advertência ela pode acarretar em problemas irreversíveis na carreira, como em casos de abusos e agressão física.

Sendo assim o seu profissional terá dificuldades dentro do mercado de trabalho, onde será necessário até dar um passo atrás na carreira e pegar cargos menores.

Além disso você poderá ter problemas de contratação, pois é puxado todo o seu histórico profissional e ao perceber as advertências, vão notar a dificuldade que é trabalhar com você.

Denuncie

Ao sofrer algum problema dentro do seu emprego, ou presenciar alguma injustiça ou ato inaceitável, você deverá denunciar.

Para isso você deverá fazer anonimamente, para que você não manche a sua reputação. Chegue no RH da empresa, ou em um superior da pessoa conflitante.

A denúncia é um dos meios mais comuns de aplicação de advertência de trabalho. Isso porque funcionários tendem a se comportar diferente na frente de profissionais que possam prejudicá-lo.

Links Patrocinados

Deste modo, não deixe passar barato, acumule provas e faça a sua denúncia.